Painel – 19 de Outubro

Lá se foi a esperança… Se o brasileiro ainda tinha alguma esperança nesse Congresso (ela é a última que morre, não é?), agora não tem mais. Após a decisão do plenário do Senado, que suspendeu o afastamento parlamentar do senador Aécio Neves, imposto pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), o povo desistiu de tanta “canalhice”. Aécio é acusado de receber propina no valor de R$ 2 milhões do empresário Joesley Batista, delator da JBS.   Amiguinho do Temer O Partido de Michel Temer, PMDB, foi crucial para a retomada do cargo pelo senador: dos 19 parlamentares do partidos que compareceram à sessão, 17 deram votos favoráveis a Aécio. Também denunciado ao STF, o presidente da república empenhou-se pessoalmente na obtenção de apoio ao senador tucano.   Conheça Saiba quem foram os 44 senadores que reverteram as medidas cautelares, que incluíam o afastamento do mandato parlamentar de Aécio, recolhimento noturno e entrega do passaporte: Airton Sandoval – PMDB/SP; Antonio Anastasia – PSDB/MG; Ataídes Oliveira – PSDB/TO; Benedito de Lira – PP/AL; Cássio Cunha Lima – PSDB/PB; Cidinho Santos – PR/MT; Ciro Nogueira – PP/PI; Dalirio Beber – PSDB/SC; Dário Berger – PMDB/SC; Davi Alcolumbre – DEM/AP; Edison Lobão – PMDB/MA; Eduardo Amorim – PSDB/SE; Eduardo Braga – PMDB/AM; Eduardo Lopes – PRB/RJ; Elmano Férrer – PMDB/PI; Fernando Coelho – PMDB/PE; Fernando Collor – PTC/AL; Flexa Ribeiro – PSDB/PA; Garibaldi Alves Filho – PMDB/RN; Hélio José – PROS/DF; Ivo Cassol – PP/RO; Jader Barbalho – PMDB/PA; João Alberto Souza – PMDB/MA; José Agripino – DEM/RN; José Maranhão – PMDB/PB; José Serra – PSDB/SP; Maria do Carmo Alves – DEM/SE; Marta Suplicy – PMDB/SP; Omar Aziz – PSD/AM; Paulo Bauer – PSDB/SC; Pedro Chaves – PSC/MS; Raimundo Lira – PMDB/PB; Renan Calheiros – PMDB/AL; Roberto Rocha – PSDB/MA; Romero Jucá – PMDB/RR; Simone Tebet – PMDB/MS; Tasso Jereissati – PSDB/CE; Telmário Mota – PTB/RR;  – PMDB/RO; Vicentinho Alves – PR/TO; Waldemir Moka – PMDB/MS; Wellington Fagundes – PR/MT; Wilder Morais – PP/GO; Zeze Perrella – PMDB/MG.   Mesma “laia” Dos 44 senadores que votaram a favor do retorno de Aécio Neves, 28 (63%) são alvos de inquérito ou ação penal no Supremo Tribunal Federal (STF) e 19 são investigados na Operação Lava-jato. No total, são pelo menos 48 os senadores com casos abertos no STF e 34 envolvidos com a Operação. Nenhuma outra legislatura teve um número tão alto de senadores formalmente colocados sob suspeita de crimes!

Fonte: www.info4.com.br

About the Author

Daniel Gerber
Daniel Gerber
administrator

Sem comentários

Dê uma resposta

Escritórios :